TACOM
Busca

 

Criado para controlar o acesso, operação e arrecadação no transporte público, por meio de smart cards, o CIT-Sbe®  foi o primeiro sistema de bilhetagem a ser implantado em uma capital. Isso foi em 1996, na cidade de Salvador. Hoje, já são milhares de validadores instalados, milhões de cartões emitidos e bilhões de transações com smart cards realizadas. O CIT-Sbe® emite inúmeros dados fundamentais para o gerenciamento das empresas e melhoria do transporte público. Além disso, permite flexibilizar a política tarifaria, atraindo novos usuários. Com o lançamento da nova geração de validadores CCIT 4.0® a TACOM inova mais uma vez proporcionando interatividade dentro do ônibus com os usuários e rodoviários, e abre novas perspectivas de receita para o setor.

CCIT 4.0®. A nova geração de validadores que vai
transformar a bilhetagem.

Mais facilidade na operação, interatividade total
com os usuários, design moderno, robustez de estrutura,
mídia embarcada, inovação de funcionalidades e integração
completa com o ITS. Tudo isso faz do validador CCIT 4.0®
a ferramenta ideal para alavancar seus resultados.

O validador passa a ser um instrumento ativo.
Está preparado para receber as ações da bilhetagem
e emitir comandos operacionais.
Uma verdadeira ruptura com o passado
das operações embarcadas.



| SAIBA MAIS

 


Segurança à toda prova


O CIT-Sbe® controla a demanda por categoria, linha, sentido e faixa horária com apuração precisa da receita. Uma de suas vantagens é a possibilidade de programar o fechamento de lote de créditos, pois com o CIT-Sbe® os lotes são gerados com data de validade.

Para garantir a integridade e confiabilidade de todos os dados, o sistema tem uma serie de dispositivos. Um dos grandes diferenciais é a replicação dos dados por meio do conceito de log solidário: caso algum validador seja destruído ou roubado, sua memória é recomposta a partir do registro dos demais validadores.


Um sistema que alcança todo mundo

Para a venda e distribuição de créditos, há vários canais on-line e off-line que tornam o uso dos cartões muito mais acessível, sendo que o principal canal de carga é a bordo. Quem compra vales-transportes ainda conta com a facilidade do VT Direto, um canal exclusivo, simples e seguro, onde as empresas são cadastradas e fazem o pedido de créditos para seus funcionários, sem custos para a operação do sistema de transporte.

  • Permite o controle total da arrecadação, incluindo gratuidades e passes estudantis, o que recupera a receita e evita fraudes;
  • Garante a integridade dos dados, pois todo o fluxo de informações circula por meio de transações eletrônicas protegidas por inúmeros recursos de segurança, possibilita acompanhar o fluxo de passageiros em todo o transporte coletivo através de informações geradas instantaneamente;
  • Informa a produtividade das linhas, tornando possível melhorar o atendimento de acordo com a demanda;
  • Permite flexibilizar a política tarifaria, atraindo novos usuários para o transporte público;
  • Reduz os custos da operação e gera ganhos com a melhoria da qualidade do serviço, graças a respostas imediatas do sistema;
  • Diminui a circulação de dinheiro nos veículos, o que desestimula assaltos.

A TACOM desenvolve, fabrica e instala os hardwares e softwares necessários a cada empresa, que recebe o sistema de bilhetagem pronto para funcionar. Para maior tranquilidade, acompanha a fase inicial da operação em conjunto com os operadores do projeto.